sexta-feira, 16 de julho de 2010



Cirurgiões e esteticistas juntos para
um pós-operatório menos traumático


A parceria entre cirurgiões e esteticistas só cresce, para alegria e bem estar das pacientes que passam por procedimentos como a intervenção cirúrgica. Pelos resultados de um pós-operatório em que as queixas e desconfortos são diminuídos com a ajuda do profissional de estética, é quase impossível planejar uma cirurgia sem essa junção. “Devido aos resultados esperados ou até mesmo sonhados de uma cirurgia plástica, observa-se a importância desse profissional nos benefícios da reabilitação em pacientes submetidos a um procedimento cirúrgico”, afirma o Dr. Mauro André Arguello, cirurgião da atriz Grazielli Massafera, da Miss Brasil 2009 e da Miss Paraná 2010, que participará de um talk show no 5º Congresso de Estética da Beauty Fair.
E caso a paciente já tenha sua esteticista particular, o médico não vê problemas, desde que os conhecimentos profissionais da mesma sejam adequados a situação. “É preciso discutir sobre as condutas a serem tomadas e criar um relacionamento mais próximo entre ambos em beneficio do paciente e do resultado a ser alcançado”, afirma o cirurgião. Por isso a importância da esteticista estar sempre bem informada e atualizada sobre as novidades da área, já que sua presença é indiscutivelmente benéfica e mostra resultados cada vez mais satisfatórios ao bem estar da paciente.
O planejamento dos procedimentos estéticos usados após a cirurgia é variável e depende de inúmeros fatores, principalmente do tipo de cirurgia realizada, o que torna o diálogo entre a profissional esteticista e o cirurgião muito importante. O mais indicado e indispensável é a drenagem linfática, que diminui o inchaço, o edema e alivia a dor existente.
5º Congresso Científico Latino-Americano de Estética, Saúde e Bem Estar
De 28 a 31 de agosto de 2010
Expo Center Norte – São Paulo/SP

sexta-feira, 9 de julho de 2010

ONGs promovem abaixo assinado em prol dos animais

A primeira delegacia de proteção animal do estado de São Paulo surgiu em Campinas e agora é a vez da capital ter uma unidade policial especializada em fazer cumprir as leis existentes em favor dos animais. A iniciativa é do Clube dos Vira-latas e já conta com o apoio do deputado Celso Giglio que encaminhou um pedido oficial ao Governador. Até o dia 30/julho de 2010 a ONG espera registrar 50 mil assinaturas e entregar em mãos ao governador do estado de São Paulo em exercício Alberto Goldman, que está substituindo José Serra por conta da candidatura do mesmo à presidência da república. Acesse e assine: www.cao.com.br